Conteúdo e informação

Gripe aviaria e os efeitos colaterais

Qual a história sobre o vírus da gripe aviaria?

Em 2005 no mundo todo se iniciou uma pandemia do vírus da gripe aviaria, porém foi descoberto 9 anos antes, no Vietnã e desde então morreram apenas 100 pessoas em todo o mundo, em todos esses anos. E o que se sabe até hoje é que esse vírus só afeta as aves e não afeta os seres humanos em condições normais.

Os norte-americanos alertaram sobre a eficácia do TAMIFLU (antiviral humano) como preventivo, porem essa vacina apenas alivia alguns sintomas da gripe comum. Grande parte da comunidade científica questiona a sua eficácia, porque perante o vírus mutante como o H5N1, o TAMIFLU apenas alivia a doença.

O próprio presidente Bush na época afirmou:

“Neste momento, não temos evidência de que uma pandemia é iminente. A maioria das pessoas no sudeste da Ásia que ficaram doentes foram lidar com aves infectadas. E enquanto o vírus da gripe aviaria se espalhou da Ásia para a Europa, não há relatos de aves infectadas, animais, ou pessoas nos Estados Unidos. Mesmo que o vírus eventualmente apareça em nossas aves, isso não significa que as pessoas em nosso país serão infectadas. A gripe aviaria ainda é essencialmente uma doença animal. E a partir de agora, a menos que as pessoas entram em contato direto e contínuo com aves infectadas, é improvável que eles vão vir para baixo com a gripe aviaria.”

Efeitos colaterais
Náuseas, vômitos, diarréia, dor abdominal e cefaléia. Raramente incluem: hepatite e enzimas hepáticas elevadas, erupções cutâneas, reacções alérgicas incluindo anafilaxia e síndrome de Stevens-Johnson. Vários outros efeitos colaterais foram relatados na vigilância: necrólise epidérmica tóxica, arritmia cardíaca, convulsão, confusão, agravamento de diabetes, e colite hemorrágica.

Efeitos neurológicos
Existem preocupações de que o tamiflu pode causar perigosos efeitos colaterais psicológicos, neuropsiquiátricos, incluindo automutilação em alguns usuários.

Mas o pânico foi uma boa notícia
A perspectiva de um surto de gripe aviaria pode ter sido um pânico para as pessoas ao redor do mundo, mas provou ter sido uma boa notícia para o secretário de Defesa da época, Donald Rumsfeld e outros investidores politicamente conectadas em Gilead Sciences Inc., a empresa de biotecnologia da Califórnia, que possui o direitos do Tamiflu, o remédio da gripe que se tornou o procurado no mundo.

De janeiro de 1997 até ser empossado como secretário de Defesa em 21 de janeiro de 2001, Rumsfeld foi presidente da Gilead Sciences que é o desenvolvedor do Tamiflu (oseltamivir), usado no tratamento da gripe aviaria. Como resultado, as participações de Rumsfeld na empresa cresceu significativamente quando a gripe aviaria se tornou um assunto de ansiedade popular durante seu mandato como secretário de Defesa.

 

O resultado do marketing do medo da gripe aviaria

  • Os Governos de todo o mundo se sentem ameaçados com uma pandemia e compram da ROCHE enormes quantidades do produto.
  • Os valores das ações da empresa saltaram de U$ 7 a U$ 50, que se traduz um puro lucro 720% para Gilead Sciences.

Seria útil recordar a pandemia Antrax, que terroristas estariam usando em correspondências e que supostamente o Iraque seria o responsável, porém nada foi encontrado naquele território. Então seria interessante saber quem desenvolveu a estratégia de bio-guerra já que o Congresso americano é controlado pelo próprio partido de Rumsfeld, o secretário de Defesa também responsável pela tortura de presos no Iraque.

 

Resumo da história
Alguns políticos decidem que um fármaco como o TAMIFLU é a solução para uma pandemia que não apareceu e enriquecem as custas do medo mundial. E se você não acredita que existam pessoas no mundo que planejam e executam ações como essas para enriquecimento próprio, parafraseando Shakespeare, existe mais coisas entre o céu e a terra que você sonhe.

 
Fonte

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.